Sistema de Saúde no Brasil

Sistema de Saúde no Brasil

Olá amigos! Hoje nós vamos falar um pouquinho sobre o sistema de saúde brasileiro. Nosso sistema se divide em duas áreas, nós temos o sus que dá cobertura teoricamente para todos os brasileiros na prática nós encontramos apenas 150 milhões de pessoas que dependem exclusivamente do sus, portanto dois terços da nossa população ou três quartos da nossa população depende só dos seus e nós temos 50 milhões de pessoas que têm direito à  saúde suplementar à saúde suplementar é aqui com compreende os planos de saúde o sus luta com dificuldades muito grandes é conhecido de todos nós porque nós.

Temos um sistema de saúde que teoricamente oferece saúde gratuita para toda a população mesmo para aqueles que têm planos de saúde você opte por um plano mas não perde o direito ao sus em alguns países perde no chile por exemplo tem que optar se quer ficar na saúde pública você quer  ficar na saúde suplementar escolheu uma você perdeu o direito a outra mas aqui não aqui o direito é universal o sus luta com todas as dificuldades e as dificuldades são de duas ordens subfinanciamento e o que o governo aplica em saúde é muito pouco para tratar de todos os brasileiros em segundo lugar o sistema é mal gerenciado a máquina pública a máquina burocrática imperva da difícil de fazer andar e com isso os recursos que já são pequenos ainda são mal administrados.
Além disso a interferência política e a corrupção que se espalha por toda máquina estatal brasileira os planos de saúde funcionam de que maneira você compra o plano eles fazem um cálculo de   todos aqueles que estão no plano e enquanto tem que ser a mensalidade para cobrir aquelas defesa daquelas despesas explosão em uma situação complicada porque porque o usuário acha que a mensalidade que ele paga é cara o usuário acha que o médico que atende que o atende no plano de saúde é um médico que mal olha na cara dele os médicos acham que os usuários dos planos de saúde vão naquele médico que está ali na lista mas não tem qualquer ligação com aquela pessoa.
E eles têm problemas com os planos de saúde porque acha que são mal pagos e que o único jeito de ele sobreviver em atender um grande número de pacientes com perda da qualidade de atendimento é lógico o plano de saúde ficar contra os médicos que pedem exames demais e contra
os usuários que que pleiteiam tratamentos que não estão previstos nos contratos e quando o plano nega eles vão à justiça entrou com uma liminar e o plano é obrigado a pagar então nós temos uma situação que são todos contra todos por outro lado a medicina é um único ramo da atividade em que a incorporação de tecnologia encarece normalmente a incorporação de tecnologia bateia o o o atendimento baratear o serviço na medicina.
eu  lembro que o primeiro computador que eu comprei o primeiro laptop gastar um dinheirão para comprar custar cinco vezes mais do que custa hoje a tecnologia baratinho na medicina a incorporação de tecnologia encarece o produto final aparece um exame novo aparece um tratamento novo um novo medicamento um novo aparelho tudo isso aumenta os custos.
Nós temos um sistema de saúde que é centrado na doença você não existe para o sus e não existe para os planos de saúde só existe quando você fica doente nessa hora entra no hospital e aí o plano de saúde ou o sus tem que arcar com todas as despesas mesmo que elas sejam exageradas e muitas vezes inúteis esse tipo de situação não tem condição de sobrevivência os planos vão quebrar e o sus vai quebrar também mais do que brado mas mais do que já está quebrado por quê porque a população está envelhecendo.
A faixa populacional que mais cresce é aquela acima dos 60 anos de idade justamente aquela que vai ter problemas crônicos de saúde problemas cardiológicos vasculares derrames cerebrais diabetes nós temos uma população que engorda sem parar 52% dos brasileiros está acima do peso e a obesidade é um pacote junto com ela vem pressão alta diabetes problemas reumatológicos ortopédicos é o joelho que sofre tem que colocar prótese são tratamentos caríssimos nós só temos uma alternativa essa alternativa o que é é focar o sistema de saúde na prevenção e evitar que as pessoas envelheçam em mau estado de saúde porque aí o tratamento dela vai sair muito caro e não há sistema de saúde no mundo capaz de arcar com todas as suas despesas.
A gente encarar esse problema de uma população sedentária que não faz exercício de jeito nenhum que come mais do que devia e que envelhece ou nós fazemos convencemos as pessoas de que elas precisam fazer exercício de que elas não podem comer tudo o que lhes é oferecido que elas têm que se movimentar ou então não vai haver dinheiro no país pra cá com os problemas de saúde dos brasileiros e fazer um resumo aqui fiz recentemente participam de um encontro em Chicago na semana passada sobre vários temas brasileiros eu fiz a palestra sobre saúde que na verdade é uma reflexão sobre o que eu penso da saúde no brasil.

Envie seu comentário